Image of macmoc01.gif

BEIRA - 100 ANOS
20 de Agosto de 2007
Página dedicada a todos os beirenses, em particular, e a todos os moçambicanos, em geral.



Umas palavras...

No Primeiro Centenário da Cidade da Beira
A Beira moçambicana tem boas razões para estar em festa neste mês de Agosto de 2007, pois não apenas celebra um Primeiro Centenário (de elevação à categoria de cidade, com a particularidade de nunca ter sido vila), mas também os 120 anos da sua fundação.
Esta, aconteceu na data simbólica de 20 de Agosto de 1887, quando se consumou a ocupação da foz do Púngoè (autorizada pelo 'senhor de Gaza', o Gungunhana), através do hastear da bandeira nacional portuguesa pela pequena força que, sob o comando do tenente Luís Inácio, viajara desde Chiloane (onde então estava o governo de Sofala) para erguer o que foi o Posto Militar do Aruângua.
O que foi, nas oito décadas que se seguiram à instalação do Governo de Sofala na Beira (1892), o surto de desenvolvimento do povoado e seu porto de mar e todo o antigo Território de Manica e Sofala -- com as suas cidades e vilas, estradas e caminhos de ferro a servir todo o «hinterland» e países vizinhos, centrais hidroeléctricas e térmicas, agro-pecuária, silvicultura e piscicultura em constante modernização, fábricas, estruturas hoteleiras para servir um Turismo que ganhava o mundo, sempre em crescendo, comércio interno e internacional de grande pujança, bons serviços de Saúde e estruturas de Ensino que enaltecem em grande medida a acção das missões católicas... --, bem merece que se considere esse trabalho esforçado -- de Moçambicanos, Portugueses e outros europeus, Indianos, Chineses e outros asiáticos -- como uma Grande Epopeia.
A Beira, que os Portugueses crismaram de «Cidade do Futuro», sofre desde há trinta anos com um «processo histórico» bastante atribulado. Mas como já não há o risco de o povoado ser destruído por uma qualquer «marezada de equinócio» (como receava o Alto Comissário António Enes, nos finais do século XIX) - e a nova geração que a conduz, neste início do século XXI, também quer cometer grandes feitos, pois... há que retomar a Grande Epopeia.
O Futuro está com a povoação que há precisamente 100 anos (Agosto de 1907) foi visitada pelo Príncipe da Beira e herdeiro do Trono, D. Luís Filipe, que de Lisboa trouxe, para entregar às autoridades locais, o decreto real que a elevava à categoria de Cidade.
A. Santos Martins - Jornalista e Historiador



Image of luis_filipe_duke_of_braganza.jpg
Pergaminho com o decreto real, entregue às autoridades locais pelo próprio Príncipe da Beira, logo após o seu desembarque, no cais do Chiveve, no dia 4 de Agosto desse ano de 1907:
«Tendo em consideração o natural desenvolvimento que tem adquirido a povoação da Beira, capital do Território de Manica e Sofala, sob a administração da Companhia de Moçambique e sede do seu Governo;
«Atendendo à excepcional importância da sua posição e manifesto valor do movimento do seu porto e do tráfego do caminho de ferro, que a põe em contacto directo com a Rodésia e que sensivelmente aumenta de ano para ano, fazendo dela um grande centro de navegação e de comércio largo e prometedor;
«Querendo dar um público testemunho de apreço pelo esforço de actividade que representa a completa transformação da povoação da Beira, em vinte anos realizada, ao mesmo tempo, comemorar a visita que lhe vai fazer Sua Alteza Real o Príncipe Dom Luís Filipe, meu muito prezado e amado filho;

«Hei por bem declarar que a povoação da Beira, capital do Território de Manica e Sofala, sob a administração da Companhia de Moçambique, seja elevada à categoria de Cidade da Beira.

«O Ministro e Secretário de Estado dos Negócios da Marinha e Ultramar o tenha entendido e faça executar.
«Paço, 29 de Junho de 1907 - REI».



LIVROS PARA MELHOR CONHECER A CIDADE DA BEIRA


BEIRA, CIDADE E PORTO DO INDICO, por Ilidio do Amaral
Image of bulb_sqr.gif


CONVENÇÃO ENTRE O GOVERNO DA REPÚBLICA PORTUGUESA E O GOVERNO DO REINO UNIDO DA GRÃ-BRETANHA E DA IRLANDA DO NORTE, EM SEU NOME E EM NOME DO GOVERNO DA RODÉSIA DO SUL, RELATIVA AO PORTO DA BEIRA E AOS CAMINHOS DE FERRO QUE O SERVEM
Image of bulb_sqr.gif


BEIRA PÚNGUÈ, Salazar enfrentou aqui os Ingleses à mão armada
Image of bulb_sqr.gif


MEMÓRIAS DA BEIRA, de João Loureiro
Image of bulb_sqr.gif



CONSELHO MUNICIPAL DA CIDADE DA BEIRA
Image of blink2.gif



Image of daviz_simangoa.jpg

Daviz Mpebo Simango
Presidente do Conselho Municipal da Cidade da Beira em 20 de Agosto de 2007



Antes e agora

Image of lameiro_chiveve.jpg Image of beira_porto.jpg

In Beira Púnguè, de Santos Martins



Volte para

MACUA DE MOÇAMBIQUE

MOÇAMBIQUE PARA TODOS



Em fundo: BEIRA por João Maria Tudela
(ligue o som)



Image of emaila.gif
<BGSOUND src="Beira.wav" >